Como aplicar metodologias ágeis no recrutamento e seleção

 

Muito mais que uma metodologia, a agilidade passou a ser parte da cultura, se tornando uma nova forma de pensar e agir. Para o processo de recrutamento e seleção, não basta somente aplicar um método ágil, para conseguir obter os resultados, é preciso encarar uma mudança de mindset, incentivando a área e a organização a respirar novos conceitos e quebrar paradigmas.

A agilidade evoluiu e ganhou uma abordagem mais cultural. Com isso, independentemente da atividade, a aplicação em praticamente pode ser realizada em qualquer área da organização, principalmente no RH.

São diversas as teorias e métodos desenvolvidos para melhorar a performance do RH. Transparência, inspeção e adaptação, além da aplicação de um método ágil, são algumas das diretrizes traçadas por diversos estudiosos. Mas, para obter sucesso na aplicação de todos eles é preciso buscar sempre executar, errar, aprender e melhorar a cada ciclo, sem esperar pelo resultado excelente logo no primeiro momento.

 

Mas afinal, como técnicas ágeis podem melhorar o recrutamento e seleção?

A agilidade não significa somente fazer mais rápido, mas sim evitar o desperdício de fazer mais do que o necessário. Desse modo, se torna possível ganhar produtividade em qualquer área da empresa, identificando e eliminando, em cada processo, a redundância de informação e o excesso de burocracia motivado pela falta de confiança. E no recrutamento e seleção não é diferente. Para tornar o processo mais ágil é preciso:

 

Ajustar o tempo gasto com cada atividade

O que impede o RH de ser mais ágil e produtivo é a do setor, onde todos são consumidos diariamente pela operação e não encontram tempo para respirar, refletir e evoluir. Com isso, melhoria contínua é praticamente anulada pelas atividades diárias.

Por muitas vezes as práticas inovadoras ficam dependentes de iniciativas isoladas de pessoas incomodadas e inconformadas. Porém, isso cria um problema cíclico, onde não há tempo para melhorar os processos por causa da rotina. Assim, não há um momento de inspeção para identificar os pontos de melhoria e espaço para adaptar o que deve ser feito diferente.

A constante busca por tecnologia para melhor atender as necessidades dos gestores, ferramentas inovadoras, com o objetivo de ganhar mais produtividade, o RH acaba esquecendo de prestar atenção aos seus processos. Com isso, o recrutamento e seleção acaba ficando comprometido.

 

Recrutamento e seleção automatizado

Existem tecnologias de recrutamento e seleção automatizados que facilitam e agilizam a contratação de novos colaboradores. Com a plataforma é possível criar requisições, personalizar e automatizar as etapas dos processos, compartilhar as vagas em diversos canais, aplicar testes técnicos, fazer o Fit Cultural e a tendência de comportamento dos candidatos, analisar as vídeo entrevistas, compartilhar os finalistas com gestores, analisar os relatórios e fazer a admissão digital. Com isso, o processo fica mais fácil, rápido e ágil.

 

Como deixar o RH mai rápido?

Um dos processos de negócio mais fáceis de aplicar técnicas de agilidade é o recrutamento e seleção. Para isso, é preciso gerenciar todo o fluxo desde a tratativa da vaga, passando por todas as etapas do processo seletivo até a efetivação.

Diferentemente do que muitos acreditam, é possível deixar cada uma das etapas transparente, e com cada atividade, incentivar a interação de todos os envolvidos e focar nas atividades prioritárias para conseguir saídas mais rápidas.  Para deixar o setor mais ágil e facilitar a execução dos processos é preciso:

  • Diminuir as atividades operacionais;
  • Desenvolver estratégia;
  • Diminuir as tarefas diárias;
  • Desenvolver visão a longo prazo;
  • Diminuir os processos manuais;
  • Desenvolver transformação digital;
  • Desenvolver experiência do colaborador além de apenas cumprimento da legislação.

Ou seja, o RH precisa aproveitar melhor o seu tempo para de fato contribuir com o resultado da empresa.

Relacionamento a distância: prós e contras

Quando falamos em relacionamento, percebemos que são inúmeras as dúvidas e questões que o envolvem. As pessoas aprendem a se relacionar, apenas quando se relacionam. Pode parecer algo óbvio, mas é exatamente, por esse motivo que muitos procuram ajuda. Pois, querem respostas de pessoas que já passaram por um relacionamento anterior, e tiveram a experiência que eles ainda não tem.

Você deve estar se perguntando: mas se há dúvidas nas relações “normais”, imagine como deve ser o relacionamento a distância. Realmente, esse tipo de relacionamento é completamente diferente, mas reserva surpresas extremamente positivas. Isso mesmo! Existem os contras, mas há pontos a favor também.

Seja o primeiro ou não, o relacionamento a distância é sempre cheio de descobertas. Mesmo sabendo que as relações podem ser diferentes e as pessoas também, existem vantagens e desvantagens no relacionamento a distância que podem ser comuns. Confira!

 

Vantagens do relacionamento a distância

Existem alguns pontos positivos nesse tipo de relacionamento e você deve considerá-los antes de descartar completamente a hipótese de ter um amor distante. Veja:

 

1- O reencontro é sempre cheio de surpresas

Quando se namora a distância a saudade é constante, pois não ter a pessoa por perto todos os dias, ou até algumas poucas vezes na semana deixa o coração apertadinho. Mas, o maior benefícios da distância é o reencontro. A sensação de estar nos braços de quem se ama mais uma vez, sentir o coração bater juntinho, é sempre maravilhoso. Além disso, as surpresas que esses momentos trazem são sempre positivas e, caso você queira apimentar esse momento, a sex shop é o endereço certo, pois reune diversos produtos para incrementar esse momento especial a dois.

2- Não há nada melhor do que matar a saudade!

Acredito que todos concordem com essa frase. Pois, a saudade é desesperadora, mas aquela ansiedade, agitação e euforia de saber que vai estar perto da pessoa que ama novamente é uma das melhores sensações do mundo. Desde os momentos que antecedem o reencontro até ele realmente acontecer, a única coisa que todos sentem é: a certeza de que a saudade e o amor são do mesmo tamanho.

 

3- Os momentos a dois são sempre novidade

Uma das grandes vantagens de se estar longe é a surpresa constante. Tudo o que vão fazer juntos vai ser novo e marcar a vida e relacionamento de vocês. Não cair na rotina e viver de inovação é algo tão prazeroso que quando finalmente ficarem juntos para sempre vai acabar virando parte da vida do casal.

 

4- O relacionamento nunca cai na rotina

Cada encontro é único, então a rotina não consegue entrar no relacionamento a distância. Além disso, mesmo os programas normais, como ir ao shopping ou ao cinema, acabam sendo inovadores, pois tudo parece sempre novo e único.

 

Desvantagens do relacionamento a distância

Diante das vantagens dá até vontade de investir no relacionamento a distância. Mas existem alguns pontos negativos que precisam ser considerados. Confira:

 

1- Não ter alguém que ama sempre por perto é difícil

É muito ruim saber que a pessoa que precisa te apoiar está à quilômetros de distância. Isso acaba com a construção das memórias e pode gerar certa tristeza e desmotivar a continuidade da relação.

2- É possível se acostumar com a distância?

Essa é a pergunta que mais nos fazemos durante o tempo de relacionamento. E, ela pode ser positiva e negativa. Pois, acostumar-se com a distância pode ser confortante ou pode impedir que viver junto com a pessoa seja uma experiência boa.

 

3- A confiança pode ficar abalada e a relação pode ficar desgastada

Se você não confiar 100% na pessoa que ama, o relacionamento a distância não vai dar certo. A desconfiança é o pior sentimento para se ter quando não se tem a pessoa. Esse sentimento acaba gerando um desgaste enorme para a relação.

 

4- A questão financeira pode agir contra o casal

A questão financeira pode ser um grande problema e deve ser avaliada sempre.

 

Depois de saber os prós e contras você já pode decidir: vai investir no relacionamento a distância?